Crônicas de Nárnia ganha mais uma sequência

sábado, junho 18, 2011



Apesar da divulgação em muitos sites, de que “O Peregrino da Alvorada”, seria a última adaptação da obra de C.W. Lewis para o cinema, o nome do quarto filme de As Crônicas de Nárnia será “O Sobrinho do Mago” e não “A Cadeira de Prata”.

Em entrevista, o diretor Michael Apted (produziu “007- O Mundo não é o  Bastante”), revelou que deseja produzir a quarta sequência. A Walden Media já iniciou conversas com a 20th Century Fox e com os herdeiros do escritor C.S. Lewis para dar início à realização de mais uma super produção.

Apesar de ter naufragado nas bilheterias norte-americanas, A Viagem do Peregrino da Alvorada teve bom faturamento no mercado internacional (aproximadamente US$ 300 milhões), o que teria motivado os estúdios a investirem em mais uma aventura. O Sobrinho do Mago conta a história da origem de Nárnia e do guarda-roupa do filme original.

A série possui sete livros, mas segundo Apted, a história se transforma após o quarto, o que dificulta a adaptação para os cinemas.

Divulgação

"Eu ficaria surpreso se eles adaptassem todos os sete livros. Suponho que o quarto poderia funcionar, pois fizemos muitas mudanças na história do terceiro filme... Em uma franquia, a continuidade dos personagens é bastante crucial e eu não sei como eles vão superar o livro quatro. Eu acho que é um problema", revelou.

Ainda não há previsão de lançamento, mas é certo que deve demorar algum tempo para chegar aos cinemas.

LEIA MAIS - Crônicas de Nárnia ganha mais uma sequência

Colômbia: um país que ninguém conhece

sábado, junho 04, 2011


Curiosidades, costumes e a gastronomia a diferencia na America Latina 


Situada no extremo noroeste da América do Sul, a Colômbia é o único país do subcontinente banhado pelos oceanos Pacíficos e Atlântico no mar do Caribe. Compartilha fronteiras com Panamá, Venezuela, Brasil, Peru e Equador, e possui uma cultura rica que o mundo  desconhece.



Carlos Rodríguez, CÔNSUL comercial da Colômbia no Brasil e diretor da “PROEXPORT COLOMBIA” (que é o escritório do governo colombiano responsável pelas atividades da EMBRATUR , e pelas exportações do seu  país ao mundo), revela curiosidades sobre sua nação.

“Hoje o cenário da Colômbia mudou, somos o segundo país mais populoso da América do Sul, e o único que supera a população do estado de São Paulo. Não exportamos apenas café e petróleo, mas sim frutas, materiais têxteis e coca para as indústrias siderúrgicas.
Assim como os brasileiros nosso povo é alegre e receptivo, e nossa maior importância é a família”, diz Rodriguez. 

Divulgação

O esporte nacional do país é o Tejo, uma versão do Turmequé dos Indígenas Muiscas. A brincadeira consiste em lançar um disco de ferro para atingir um alvo, cujos limites  tem  pólvora. Quem conseguir fazer mais explosões é o vencedor do jogo, mas também é praticado o baseball, patinação e o futebol, conclui.

Na literatura e nas artes plásticas, o país tem dois dos maiores nomes da América Latina, Gabriel García Márquez que ganhou o prêmio Nobel de literatura em 1982, e Fernando Botero, considerado o artista plástico vivo mais bem cotado da América.

Divulgação: Shakira

 No cenário musical, a Colômbia é considerada a nova fábrica de hits Latino, representada por  Shakira, de Barranquilla que conquistou o mercado, Juanes de Medellín, mistura pop e rock com suingue latino e Carlos Vives de Santa Marta são expoentes do “tropipop”, que é uma mistura de ritmos tropicais com  batidas pop.

Hits Colombianos

O país possui uma mistura musical que chama a atenção dos turistas, a Colômbia é uma esponja de tendências entre o México, que dita a moda na América Central, como a Argentina, que faz o mesmo no Cone Sul.

“Os colombianos abraçaram a causa da cultura Mariachi, com seus chapelões mexicanos, a música ranchera e os tacos são os estilos de muitos, mas na hora de chacoalhar o esqueleto, a preferência nacional se volta para o Caribe. Nas festas os ritmo mais tocado é a salsa, porem o merengue e reggateon, são ritmos  calientes do Caribe  que agitam a todos.”, relata o Cônsul.

Pablo k. Gonzalez, 24 anos é colombiano estudante universitário e mora em São Paulo a um ano, e comenta que senti saudades de seu país, em especial da gastronomia.

“Tem brasileiro que jura que a goiabada é exclusividade nacional, porem a Colômbia também tem essa delícia, lá chamamos de bocadillo. O romeu e julieta é comum em nosso país, mas é conhecido como  quesadillo, diz Pablo”

Apesar de a gastronomia colombiana ser parecida com a brasileira, vários ingredientes familiares são combinados de maneira inusitada. Para acompanhar o tradicional arroz com feijão, os colombianos comem pedaços de abacate espetados no garfo e mergulham em um caldo. 
“Também temos pratos diversificados, que deixa qualquer um de água na boca, como o ajiaco (feito com abacate, batata, milho e peito de frango), o sancocho (feita com carne,cebola, batatas sabaneras, banana da terra e mandioca) entre outros”, relata Gonzalez.

Sancocho Comlombiano

 Bogotá a capital do país possui mais de 7 milhões de habitantes, já foi sinônimo de pior cidade da Colômbia devido a sequestros relâmpago, tráfico de drogas e guerrilhas liderada pelas FARC (Forças Armadas Revolucionarias da Colômbia). Hoje a cidade vive uma nova realidade política, econômica e de segurança, que esta mudando essa imagem e atraindo mais turistas para a nova Colômbia.


LEIA MAIS - Colômbia: um país que ninguém conhece

Followers