Brasileiros em questão

domingo, março 20, 2011



O cidadão Brasileiro tem um modo muito peculiar de ser. Por ser uma mistura de varias raças, crença é visto de várias formas diferentes.


Muitos enxergam como discriminação, mas a cada dia esta claro que a imagem mais trabalhada pela mídia representando o brasileiro é o vulgar, e a violência gratuita. Mostrando o lado agressivo que está se tornando uma constante, cresce cada vez mais esses tipos de programações relata os entrevistados.
Assim mostrando que as questões sobre cidadania estão distorcidas, a interferência da mídia no desenvolvimento do novo cidadão acontece de uma maneira rápida, o preconceito entre os Brasileiros cresce constantemente.
O Jornalista William Volcov, que trabalha na agência de notícias News free, afirma que diversidade cultural do Brasil e a distorção mostrada pelos meios de comunicação, contribuem muito para isso acontecer, principalmente quando destaca a desigualdade social, utilizando a chegada do nordestino para São Paulo tentando uma melhor condição de vida.
Volcov complementa dizendo que como a mídia tem o poder de “convencer” a população sobre determinados assuntos ou ao menos fazer com que um tema torna-se pauta para muitas conversas.
A imagem que fica do Brasileiro é de uma população vulgar e violenta e esse sentimento cresce a cada dia, pesquisas realizadas no centro de São Paulo revelam que os programas de maior audiência como Pânico na TV, Brasil Urgente com Datena, contribuem com a distorção ao telespectador.
Foto divulgação

Segundo Erika Cristina que trabalha como recepcionista na cidade de São Paulo, a mesma enxerga o cidadão Brasileiro como um povo trabalhador, mas acomodado com a situação do País que deve reivindicar os seus direitos, exemplo disso foi o que ocorreu com a renúncia do Presidente Collor. A mídia toda foi contra a permanência do presidente e o que se viu foi manifestação popular, como nunca se havia visto no Brasil pedindo a saída do mesmo, conclui a Erika.
Já Rosa Mara é psicóloga e atua no posto de saúde do Jardim Roseli, localizado no bairro de São Mateus na periferia de SP, e afirma que devemos filtrar algumas informações que recebemos da mídia como a internet e a Televisão.
Com o crescimento de nosso país o cenário do Brasil no mundo mudou, com isso talvez a forma que a mídia retrata o brasileiro mude, pois não queremos viver em um país que seja conhecido com uma imagem negativa.

Comentários
23 Comentários

23 comentários:

Pobre esponja disse...

Essa é a questão. O povo é trabalhador, porém acomodado... prefiriria que trabalhássemos menos com mais eficácia...
Os programas citados colaboram, assim como as novelas e oitenta por cento da programação da TV aberta.

abç
Pobre Esponja

Macaco Pipi disse...

TRABALHADOR O CARALHO
SE FOSSEM NAO TERIAM TANTAS IMENDADAS DE FERIADO
NEGO FAZ QUE TRABALHA!

Rafael Filho disse...

Infelizmente é assim que somos vistos pelos gringos também.

Só queria entender o porque da imagem de dois skinheads?

Fogo disse...

Não vejo o Brasil assim, sou português e vocês são como nós, mas mais relaxados, mais de bem com a vida.

Abraço, Leandro!

http://fogodeletras.blogspot.com/

"X" disse...

Seu blog está muito bom, agradavel de ler.

Estou seguindo.

Abraços

Xis

Habib Sarquis disse...

Infelizmente, o Brasileiro é relaxado com seu país e acha que está tudo bem. O conformismo é o maior mal de uma nação.

http://boomnaweb.blogspot.com/

Iguimarães disse...

AS ditaduras latinas tiveram o seu êxito

leandro disse...

Não há como negar que o brasileiro tem certas especificidades que o diferenciam não só em relação à outros países, mas dentro do seu próprio território, como no sul. Regiões fortemente colonizadas pelos alemães e italianos, que já pediram ao império no segundo reinado e começo da república, a independência do resto do país, não só pela discriminação, mas pela diferença cultural existente. Alguns historiadores como Boris Fausto, que é um estudioso do assunto, atribui a isso a uma preguiça dos primeiros colonizadores ao trabalho e da incessante necessidade de levar vantagem em tudo. Isso se justifica ao que Roberto da Mata, importante antropólogo brasileiro, explica na sua teoria do famoso jeitinho brasileiro. A demora em se tomar providências para tudo e que nós gostamos de responsabilizar unicamente os governos. Acho que isso justifica um pouco o preconceito existente, que é histórico, tem suas raízes, sua fisiologia e biogênese.

Aproveito para agradecer a visita que vc não fez ao meu blog
http://diariodeplantao.blogspot.com

Abraços.
Leandro Andrade

Truco ladrão disse...

mtoo bom
parabens pelo blog

louany2011 disse...

exatamente não só os países de fora que tem essa imagem negativa do Brasil, e sim até nós mesmos Brasileiros, adorei a abordagem. bjsss

ja coloquei seu banne no meu blog
http://wwwfutegoool.blogspot.com

Marcus Alencar disse...

Eu acho que isso é um problema que não só tem a midia como um dos principais culpados por divulgar e potencializar uma representação estereotipada da gente como também é reflexo de um péssimo hábito que já existe há séculos e em cada nação: o preconceito. É muito comum a pessoa tirar conclusões por vezes absurdas de forma sub-entendida, feitas na pressa sem reflexão e com base em um olha preguiçoso que não se permite conhecer antes de julgar.

Um belo texto, que fala exatamente como são os brasileiros. Parabéns pelo blog.

NshoW disse...

gostei muito
siga o meu http://temtudomega.blogspot.com

Ique disse...

hummm... se a imagem do brasileiro é essa... por quê será?

Acho que nossa nacionalidade deveria ser "Brasilianos" pois a maioria dos paisee desenvolvidos tem sua nacionalidade terminada assim, como: americano, italiano etc... e brasileiro rima com pedreiro, padeiro, cabelereiro. nao que essas deixem de ser profissoes diganas, não. mas acho que hoje em dia o povo brasileiro está sendo mt pouco valorizado e se valorizando pouco.

Barbara Nonato disse...

A impressão que eu tenho, muitas vezes, é que o país não tem coisas boas pra mostrar, então enaltece-se a vulgaridade de forma afazer promoção. Mas não deveria ser assim!!! Há muito de valioso e belo para ser divulgado, entretanto a mídia insiste em transmitir o 'feio', o 'grotesco', como se fôssemos todos dotados de capacidade nenhuma e nenhum valor. Infelizmente é uma imagem deturpada do país!

Rita de Cássia. disse...

gostei do post e da opinião, concordo com boa parte do que foi dito, principalmente do fato da midia distorcer nossas opiniões e manipular a população.
abraços

Os melhores canais Futura e Cultura, onde eles ensinam algo para o publico são desvalorizado, hoje muitos trocam um bom documentaria por uma novela. Mas por mais que sejam essas indiferenças eu amo meu pais

Euzer Lopes disse...

A Larissa aí em cima disse que deveríamos ser chamados de brasilianos. Bem, é verdade, e em alguns lugares, como Itália, somos chamados assim, já que brasileiro é o trabalhador do pau brasil. Como no início da colonização, os índios eram recrutados para esta tarefa, somos brasileiros.
E o Brasil acabou sendo o "coração de mãe" do mundo: vêm pra cá japoneses, italianos, árabes, alemães, coreanos. E todos são recebidos de braços abertos e acabam se adaptando à terra. No geral, o brasileiro é generoso, receptivo, simpático e amável. Se somos um povo aparentemente "acomodados", deixe a água bater na bunda. Ainda que não mobilize milhões de pessoas, vemos sempre situações isoladas de inconformados. E as redes sociais têm sido uma boa ferramenta de protesto deste povo. Veja os protestos contra o aumento da passagem de ônibus em São Paulo, ou o linchamento virtual do (imbecil) deputado Jair Bolsonaro.

bia santos disse...

Quando mais alienado for o povo, melhor para os políticos corruptos...

Assim só são eleitos fichas sujas...

Reparei que você cita São Paulo, três vezes...O Brasil não é só São Paulo, O Brasil é muito mais que isso: é o Nordeste, O Norte, O Sul, O Centro-oeste...

Leandro disse...

Ola Bia

Agradeço o comentário, só para esclarcer:

Citei SP, pois foi o local (junto com os entrevistados) onde foi realizada a matéria.

Abraços

Leandro
www.emquestao.org

Kamila Novaes disse...

Adorei a postagem!!!
É exatamente o que penso, o brasileiro é acomodado demais, se conforma com um país desigual e só tende a retroceder nessa imensa jornada que chamamos de história... Enquanto não tivermos coragem o suficiente de "nadarmos contra essa lamentável maré", não conseguiremos um progresso saudável em nosso país!!!

Leandro, adorei seu Blog, e estarei vindo aqui com frenquência!Se quiser manter contato já sabe onde me encontrar...

;)

Followers