A cracolândia não acabou, apenas mudou de endereço

domingo, dezembro 26, 2010




Sem medo da polícia e nada a perder, jovens continuam se drogando livremente  à luz do dia no centro de São Paulo

A região conhecida como Cracolândia, reúne diariamente centenas de pessoas de todos os níveis sociais que compram e utilizam a droga livremente. A presença da polícia parece não incomodar os usuários pois a cada abordagem dos PMs, os grupos se dispersam  para em seguida, voltar e continuar a tragar seus charutos improvisados.
Localizada no bairro da Luz no centro de São Paulo, a Cracolândia se expandiu por diversos pontos, causando terror  aos comerciantes,  populares e moradores da  região. Essa ferida aberta é o universo dos drogados que revela terror, furto, mendicância e prostituição.
Pensando em mudar a imagem da cidade, a Prefeitura de São Paulo criou um programa denominado “Nova Luz” que modificara e requalificara a região, afirma Andrea Matarazzo secretária de coordenação das subprefeituras de São Paulo.
Desde 2005, a prefeitura fechou bares e hotéis ligados ao tráfico de drogas e à prostituição, retirou moradores de rua e aumentou o policiamento para inibir o consumo de drogas no local conclui a secretária. Centenas de imóveis foram declarados de utilidade pública, em uma área de 105 mil metros quadrados, e estão sendo desapropriados.
“O objetivo do programa é tornar a área atrativa a investimentos privados, abrindo espaços para empresas do setor imobiliário”, relata Andrea.
Porem a realidade que vemos é totalmente ao contraria do que a prefeitura ilustra, comenta Sr. João Madeira da Silva, 53 anos e morador da região, e diz que a prefeitura esconde a realidade pois as obras são lentas e os drogados que antes ficavam centralizados em um ponto  agora estão espalhados em diversas regiões.
“ Voltando da Igreja  fui assaltada cinco vezes, da última  vez  fui refém no meu apartamento e só fui liberta por intervenção da policia ” desabafa Diva de Cássia Maria, 55 anos e moradora da região.
Dona Diva (como prefere ser chamada) comenta que pensou em mudar de cidade, porem não tem para onde ir e é obrigada a conviver com a violência urbana, mas não sabe até quando vai aguentar. A cada dia ela fica apavorada quando sai pelas ruas da cidade, e acredita que a região onde mora  necessita de uma base fixa da policia e diz que muitos que estão preso nas  drogas, precisão de uma oportunidade  e a prefeitura  não se preocupa com isso.
“O que vejo são algumas ONG´S e Igrejas atuando na região, a prefeitura só manda policiamento quando a imprensa aparece por aqui”, conclui a senhora.

 
Foto: Prédios desapropriados invadidos, rua ao redor da Cracolândia

Foto:  dependente de drogas na Cracolândia


Embora não seja destaque constantemente na mídia, esse problema se multiplica nos bairros periféricos, viciados relatam que é possível encontrar a droga em cada esquina. Especialistas da área da saúde dizem que o consumo do crack invariavelmente vem depois do consumo de outras drogas, e as portas de entrada mais comuns são o álcool, a maconha e a cocaína.
Segundo o psicólogo Thiago Nobling, algo que chama a atenção em nossa sociedade é o preço da droga que se manteve praticamente estável nestes 20 anos. “O que caiu foi a qualidade do produto, a pedra que se vendia há 20 anos não tem quase nada a ver com o que se vende hoje. Antigamente, era uma pedra cor de café com leite. Hoje, o que se vende é algo que tem tanta mistura, tanto bicarbonato, que parece uma pipoca no cachimbo que  depois de acesa, ela cresce e forma uma espuma", conclui.
A avaliação é que a droga de hoje é mais danosa que no passado, e sensação relatada por usuários, de prazer e desconexão, deixou de existir, de acordo com o psicólogo. "Hoje, se fuma e não se sente mais isso. Já cai direto no aspecto negativo, na necessidade de se fumar mais. Muitos usuários nem vêem mais a pedra. Comparam pedaços de papel alumínio com farelo", diz.
Comercio
O comerciante Ricardo da Silva, 47 anos, convive diariamente com os usuários da região da Cracolândia. Diz que a situação vivida hoje é um "deboche". Proprietário de um açougue, o mesmo comenta que perdeu muitos clientes . "Hoje, quem compra aqui são os moradores dos arredores, quem é de fora não se arrisca a vir."
Há 17 anos no local, ele disse ter visto a transição da região, antes marcada por trombadinhas que agiam no centro, hoje o lugar é tomado por viciados. " Muitos ladrões acabaram presos ou mortos, mas o que era antes a 'Boca do Lixo', hoje é isso que se vê aqui é uma legião de zumbis, que passam dia e noite em função da pedra, pela manhã é uma sujeira imensa que sobra e todo o dia a festa recomeça."
O psicólogo Thiago Nobling, afirma que o tratamento dos viciados em crack é difícil, principalmente porque a droga está sempre associada a outras. "Há muitas recaídas, mas o que propomos é um tratamento que passa pelo usuário, com a inclusão da família no processo, e a reinserção na sociedade, é uma história longa, mas gratificante", diz.
Usuário de crack há 13 anos, o desempregado V.A.C., 34 anos, está em tratamento há mais de um ano e chegou a cumprir mais de seis anos de pena por dois assaltos realizados para sustentar o vício. No dia da entrevista, confessou que havia utilizado a droga nas últimas 24 horas. "É muito difícil sair, isso (o crack) vai te matando, é só sair na rua que dá vontade de usar", afirma.
Solução ao Crack
A Prefeitura diz que tem diversos projetos sociais e permite que instituições ajam livremente pelas ruas do centro, oferecendo auxilio a quem quer ser ajudado. Porem talvez ainda não exista uma solução concreta para esse problema, mas o que  a população solicita dos governantes é respeito e investimento  para que todos possam  realmente viver em um sociedade justa e segura.
LEIA MAIS - A cracolândia não acabou, apenas mudou de endereço

Novidades

sábado, dezembro 11, 2010

Em breve um novo formato do  Em questão, volte logo para ver a nova cara do site!

Prévia: 





LEIA MAIS - Novidades

Gordura abdominal pode levar a morte

sábado, outubro 23, 2010

Ter uma barriga sarada não é mais uma questão de estética, para a medicina gordura abdominal pode ser um risco á saúde

A preocupação com a aparência tem tirado o sono de muitos que buscam o corpo perfeito. Pessoas de diversas idades têm se tornado adapteis de novas formas saudáveis para conquistar o corpo desejado, porem não seguindo orientações correta o resultado não será atingido.
Barriga grande é sinal de perigo comenta o endocrinologista Antonio Roberto Chacra, professor da Unifesp  e afirma que além da estética, as pessoas devem ter a  consciência que a obesidade abdominal tem chamado a atenção da medicina como um alerta, pois o tecido adiposo que se acumula no abdômen produz determinadas substâncias prejudiciais à saúde, principalmente ao coração. "A obesidade prejudicial é a que se acumula no abdômen, se a pessoa é obesa por inteiro e não tem tanta barriga, tem menos risco de sofrer com problemas cardiovasculares", conclui.

Para diminuir a barriga, a receita do médico é fazer dieta aliada à atividade física. "O paciente perdendo peso vai conseguir diminuir a gordura abdominal. Mas muitas pessoas têm dificuldades para se reeducar, e logo são orientadas a procurar um nutricionista.”
A nutricionista Mariana Fernandes orienta como perder barriga e diz que recebe em seu consultório cerca de 70 pessoas por semana, com os mesmos objetivos, e afirma que para ter o corpo sonhado é necessário além de passar por uma reeducação física e alimentar, é fundamental ter paciência.
Perder barriga
O primeiro passo é identificar os alimentos que favorecem o desenvolvimento da gordura abdominal e evitar o consumo em excesso dos mesmos. São eles os refrigerantes, o feijão, as frituras, pães, queijos, enlatados, embutidos, alimentos processados, presunto, salame, salsicha e sal em excesso afirma a nutricionista.

Não há necessidade de cortar tais alimentos da dieta e deixar de consumi-los, porem é preciso ter atenção especial com eles e reduzir o seu consumo.

O segundo passo é saber quais alimentos são adequados para uma dieta saudável e não promovem o desenvolvimento da gordura abdominal se ingeridos moderadamente. São eles o farelo de trigo, cereais integrais, pão integral, vagem, nozes, batata, cenoura, legumes, verduras, espinafre, maçã, frutas, chás, suco de limão, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, cenoura, repolho,tomate, pepino e outros do gênero.

O mais importante é manter uma alimentação balanceada, evitando as gorduras, frituras, doces e refrigerantes. Prefira as carnes magras e acrescente legumes, verduras e frutas ao seu prato.

Evite concentrar a alimentação, procure fazer refeições menos volumosas, em torno de 5 vezes ao dia, sendo café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar.

Beba uma boa quantidade de água ao longo de dia, em torno de dois litros, mas procure evitar a ingestão de grandes quantidades durante as refeições, para impedir a sensação de barriga pesada e facilitar a digestão.

Por fim, Fernandes indica a realização de atividade física rotineira, e ressalta que gordura se acumula quando a ingestão de calorias é superior ao gasto.
A professora de educação física Vânia Santos diz que o perfil das pessoas que freqüentam as academias mudou. “Quando o verão se aproxima as pessoas lotam as academias acreditando que ficarão com o corpo sarado em um mês, e esclarece que a preocupação com a boa forma deve ser constante”, o tempo necessário para perder a gordura varia de acordo com fatores genéticos, freqüência dos exercícios, dieta alimentar e a quantidade de tecido adiposo.

O treino de abdômen, com exercícios localizados, deve ser feito pelo menos três vezes por semana e os exercícios aeróbios que devem ser feitos de cinco a seis vezes por semana, de 40 a 50 minutos.



O treino aeróbico deve combinar duas atividades, dentre corrida, natação, bicicleta e caminhada. A intensidade deve ser alternada, com ritmo mais forte seguido de um mais fraco, em períodos de 2 a 3 minutos cada.
 Vânia garante que a prática incorreta de exercícios pode trazer severos danos a saúde. O recomendável é sempre procurar um profissional para orientá-lo (a), seguindo as orientações o resultado é garantido.
LEIA MAIS - Gordura abdominal pode levar a morte

Emissoras de rádios se integram com novas tecnologias

sexta-feira, outubro 01, 2010


A segmentação das emissoras não foi o suficiente, com o surgimento de novas mídias o rádio deve se adaptar para sobreviver

Desde a popularização da internet, as emissoras de rádio AM e FM estão passando por transformações se adaptando, criando perfis em redes sociais como Twitter, Orkut, Facebook, entre outros canais como blogs e web sites. Tudo isso para não perder ouvites, pois a cada dia, cresce o  número de pessoas que passam ter acesso a web, e o rádio precisa manter um canal de interação se quiser sobreviver.

Um caminho que vem dando certo, afirma Rogério Chiocchetti (Diretor artístico da Rádio Eldorado FM e responsável pelo planejamento e conteúdo musical do site territórioeldorado.com.br), pois muitas emissoras conseguem atingir uma maior audiência com suas webs transmissões e interação do internauta através da web 2.0.
 Chiocchetti explica que utilizar os recursos da web 2.0 é fundamental, pois mergulhando nessa nova dimensão as emissoras devem considerar uma estratégia  necessária  pois o relacionamento com os ouvintes, traz grandes benefícios, seja na melhoria da audiência e no  desenvolvimento em relação a publicidade.



Rogério Chiocchetti Diretor artístico da Rádio Eldorado FM


Vivendo em uma nova era de como se faz rádio e novos ouvintes, novas formulas devem ser feitas para despertar o interesse. O conhecimento geral deixou de ser um estilo e não é mais importante para esse publico.
Segundo Leonardo  Bertozzi (comentarista de esportes do canal  ESPN Brasil), “a rádio 2.0 além de facilitar a integração com o ouvinte, ainda é uma maneira de divulgar a programação.Hoje em dia todo mundo comenta no twitter sobre o que está passando na TV e no rádio”.
Com base nessa ferramenta podemos analisar o gráfico abaixo, que mostra os números de seguidores das principais rádios da capital de São Paulo (dados referente ao mês de Agosto), a emissora com maior número de seguidores é a líder em audiência do público jovem. Porem isso não quer dizer que possuir um número elevado de followers, a emissora em questão será necessariamente sempre a líder.


A segmentação das rádios contribui com esses dados conforme as emissoras  interagem com seu publico na web.

Números de seguidores das principais rádios no Twitter



Com novas ferramentas surgiram as web rádios, crescente a cada dia, Ivan Bruno (narrador da web rádio Super Sucesso) relata que a internet é vista de forma integradora, com função informativa pois é um marco de publicações de matérias e pesquisas. A maioria das rádios online transmite programações variadas por diversos países via satélite com a colaboração da internet e redes sociais.


Rádio Web Super Sucesso

Através dessas novas tendências, mais de 40% da população mudaram seus costumes com os recursos da web 2.0, e o radio  passou  a querer  saber não somente a classe social que o ouvinte pertence, mas sim de forma primordial entender seus costumes diários e com isso adaptar suas programações de maneira mais precisa e que esteja sempre presente na vida da população.


A integridade da rádio com a web é um marco de seu futuro, antes visto de forma ameaçadora, hoje é o que realmente agrega um conjunto de transformações diante dos meios tecnológicos.
LEIA MAIS - Emissoras de rádios se integram com novas tecnologias

Candidatos bizarros

domingo, agosto 22, 2010



Em ano  de eleição sempre vemos a disputa entre os dois principais  partidos  do  país, PT e PSDB,  são esses que  dividem a população brasileira entre os votos. Em São Paulo e alguns estados do Sul , o PSDB é líder nas pesquisas  porem nos estados do  norte e  nordeste o  PT ganha  disparado.
Nesta  época na  TV o que mais chama atenção são os  debates políticos  para o  cargo de Governador e Presidente da Republica,  a mídia demonstra  uma  grande importância somente para esses  cargos se esquecendo  de esclarecer a importância  dos  cargos de Deputado  Federal, Estadual e  Senador que são de extremas importância ao nosso país .
 É uma FALHA e devemos tomar cuidado com aqueles que vamos colocar no poder, pois um período de  quatro anos mau governado  resulta em um processo de  retrocesso ao nosso avanço. Somos um país democrata, porem não é porque somos que vamos eleger qualquer pessoa.
O horário político a cada  ano tem se tornado, um horário para dar muitas risadas, mas o que me chama atenção é como alguns candidatos hilários conquistam o voto de muita gente.  
  
Da uma olhada nos forte cândidos dessa eleição e se prepare para muitos risos.

 





LEIA MAIS - Candidatos bizarros

Escândalo que todo mundo suspeitava

sexta-feira, julho 02, 2010


Sujeira na Copa do mundo, afirma jornalista  global
As informações abaixo estão circulando na internet e é assinada por um grande Jornalista global, que mostra o outro lado da magia do futebol.
Talvez,  isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase:  '"Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo de 1.998, ficariam enojadas!".
Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. Não deveriam.
O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado:

O  Brasil VENDEU a copa do mundo para a FIFA. Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 13:00 h do dia 12 de Julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Ricardo Teixeira (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o Técnico Mário Zagallo, o Sr. Américo Faria, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.
A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o penta-campeonato mundial por sediar a Copa do Mundo. A  aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de  US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de  US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da  empresa Nike.
Além disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o próprio Ronaldo, Raul da Espanha, Batistuta da  Argentina e Roberto Carlos, também do Brasil.

Mesmo assim,  Ronaldo se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Zagallo a escalar o  jogador Edmundo, dizendo que Ronaldo estava com problemas no joelho  esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13:30 h no centro de imprensa) e,  logo depois, às 14:15 h, alterando o prognóstico para problemas  estomacais).

A sua situação só foi resolvida após o  representante da Nike ameaçar retirar seu patrocínio  vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00  (noventa  milhões de dólares) ao longo da sua  carreira.

Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante  o 'Golden Goal' (prorrogação com morte súbita), porém a apatia que se  abateu sobre os jogadores titulares fez com que a França, que  absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em duas  falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols.

O Sr. Joseph Blatter, novo presidente da FIFA, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez  que o campeonato mundial trouxe equilíbrio à França num momento  das mais altas taxas de desemprego jamais registradas naquele  país, que serão agravadas pela recente introdução do euro (moeda única  européia) e o mercado
comum europeu (ECC).

Garantiu, também, ao  Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange, que o  Brasil teria seu caminho facilitado para o penta-campeonato de 2002.

Desde, já agradeço, 
Um abraço.
Gunther Schweitzer - Central Globo de  Jornalismo
E tem Mais, nesse acordo ficou definido que em 98 a França seria campeã, (como foi), em 2002 seria o Brasil (como foi), em 2006 a Itália, e em 2010  e 2014 teriamos uma surpresa, todos esses países estavam envolvidos na negociação. 

Se tudo isso  for  verdade se comprova o fato de que  até no esporte sempre haverá alguém que tentara manipular os resultados,o espírito olímpico se baseia somente com o  financeiro.  

Vamos aguardar para ver o resultado.

LEIA MAIS - Escândalo que todo mundo suspeitava

Amantes do Futebol

sábado, junho 26, 2010

Para descontrair, em plena Copa do Mundo, imagine esses craques em alguma seleção



Uma seleção e tanto..rs..rs
LEIA MAIS - Amantes do Futebol

O descaso com os moradores de rua de São Paulo

domingo, maio 02, 2010


Após o  fechamento dos albergues,  a prefeitura de São Paulo faz acordo de novas parcerias
Atuando desde junho de 2009  no centro de São Paulo, a Associação Aliança de Misericórdia  uma entidade católica  vem desenvolvendo diversos trabalhos sociais com  as Tendas de  Convivência Jardim da Vida I e II. Devido uma parceria com a prefeitura, o objetivo desse  projeto é acolher  e desenvolver atividades  assistenciais, culturais, lazer e higiene durante o período que  os moradores de  rua maiores de idade permanecerem  no local ,que funciona todos os dias das 08:00 as 18:00 hs.
As tendas contam com  22 pessoas sendo que 14 são educadores voluntários e o  restante da  equipe é integrada por médicos,  psicólogos e psiquiatras  cujos   trabalhos são mantidos pela prefeitura.
Desde o fechamento de alguns  albergues os Centros de Convivência  que recebiam 150 moradores de rua, passaram a  receber  de 250 a 300 pessoas durante todo o dia.
Dona Mercedes José da Silva 55 anos, freqüentava o albergue Cirineu que foi  fechado  e afirma que os centros são  muito bons pois consegue se  distrair com  diversas atividades. Porem demonstra  apenas uma insatisfação com o local,  afirma que na hora do almoço tem que  voltar para a rua pedir ajuda  para matar a sua fome e de seus  3 filhos, pois as Tendas não  fornecem alimentação.
Mesmo não  oferecendo alimentação  e leitos para passar a  noite dona Mercedes não gosta de lembrar o tempo que passou  no albergue Cirineu que  foi  fechado,  ela relata que a situação do local era precária, pois muitos que passavam a noite não  tomavam banho e onde se localizava as camas era no  meio de muita bagunça e sujeira.
“Prefiro dormir na rua a  voltar para um albergue da prefeitura”, conta Sr.  Joaquim  Farias Rodrigues, 43 anos ex- advogado e morador de rua.
“Também já dormi  no albergue Cirineu e depois no São Francisco” que também foram fechados, não consegui vagas em outros e tive  que  voltar a dormir debaixo do  viaduto . Joaquim é um dos moradores de rua que preferem dormir ao relento,  pois não quer  deixar o centro de São Paulo.
A Associação Aliança de  Misericórdia, possui outros centros que atendem os moradores de  rua, como a casa Restaura-me afirma Ueler, um dos  educadores da Tenda de Convivência que comenta” o fechamento dos albergues é devido má administração da prefeitura de São Paulo”.   
Morando nas ruas de São Paulo podemos encontrar diversos tipos de pessoas, boas, com formação como engenheiros, advogados e pessoas sem estudos, porem todos  precisão de oportunidade para poder mudar a sua situação. Além do  descaso de nossos  governantes que estão no poder, o maior problema dessas  pessoas  é o preconceito, pois muita gente com medo de  serem  assaltados dão as costas para aqueles que querem ajuda.
Um grito de socorro, é a  expressão que define muitas crianças, adolescentes jovens e  velhos que não tem para onde ir, a quem  socorrer e que tem se mantidos  de pé pela Fé.       
LEIA MAIS - O descaso com os moradores de rua de São Paulo

Musical da Broadway é sucesso em São Paulo

domingo, abril 25, 2010


Baseada na história em quadrinhos criada pelo desenhista Charles M. Schulz em 1950, estreou no  Brasil no dia 13 de março o espetáculo MEU AMIGO, CHARLIE BROWN .
A adaptação brasileira  do espetáculo da Broadway é um dos  musicais com maior número de montagens na história do teatro americano. Destinada  para todas as idades, a superprodução  ficará em cartaz até o dia  27 de  junho  em São Paulo no Teatro Shopping Frei Caneca.
O texto original de Charles M. Schulz foi traduzido e adaptado por Mariana Elisabetsky, com direção geral de Alonso Barros, a cenografia de Chris Ayzner e os figurinos de Jô Resende são uma releitura da criação de Schulz, que  não perdem a identidade e referências desses artistas, iluminação de Paulo César Medeiros e a Produção Geral de Ricco Antony.
A adaptação  possui uma pequena orquestra com 7 músicos, regida pelo diretor musical Marconi Araújo, que tocará as canções originais que são de Clark Gesner, que é interpretada no palco.
O elenco da adaptação brasileira é formado por Leandro Luna (Charlie Brown), Frederico Silveira (Snoopy), Mariana Elisabetsky (Sally Brown), Paula Capovilla (Lucy Van Pelt), Felipe Caczan (Schoeder) e Thiago Machado (Linus Van Pelt).
“Desde sua estréia o espetáculo tem mantido as sala do teatro  sempre cheia, pois Charlie Brown é um personagem marcante, que esteve  presente em diversas  gerações”  afirma a Assessoria de imprensa.
 Marcela Bevegnu (bailarina e Jornalista) que esteve  presente na estréia do espetáculo afirma   que  "Meu Amigo Charlie Brown" é uma excelente montagem que faz com que as crianças se acostumem a frequentar o teatro, e faz com que os grandes pequenos amantes da arte, revivam excelentes lembranças e afirma que vale a pena ver (e ouvir) de novo.
Sendo alvo de elogio e comentado por muitos “MEU AMIGO, CHARLIE BROWN” é um espetáculo que prende a  atenção de todos e faz o adulto  relembrar a fase de quando era criança.
A HISTÓRIA
“Um dia normal na vida de Charlie Brown”. Assim os autores resumem a história deste musical. Um dia recheado de pequenos momentos da vida de Charlie Brown; do Dia dos Namorados à temporada de beisebol, do extremo otimismo ao desespero total, tudo isso misturado às vidas de seus amigos e colocados juntos num único dia, de uma linda e incerta manhã a uma noite estrelada e cheia de esperança.

O universo de Charlie Brown se caracteriza pelo humor delicado e melancólico, com personagens inteligentes, sensíveis, mordazes e criativos que provocaram uma revolução no mundo das histórias em quadrinhos. Afinal, o protagonista é um menino cheio de preocupações e com algumas frustrações; Schroeder vive debruçado ao piano e tem Beethoven como herói; Linus não desgruda de seu cobertor; Lucy tem uma banca de analista e Snoopy é absolutamente extraordinário. Todos personagens que refletem sobre a simplicidade e a complexidade do cotidiano, além de questionarem e tentarem entender tudo o que as rodeia. A dramaturgia e a musica propõe o encontro do menino Charlie Brown com o mundo que o cerca, e sua constante busca pelo significado das coisas e dos sentimentos.

Serviço:

MEU AMIGO, CHARLIE BROWN – Um Musical da Broadway –
Esta em cartaz aos sábado e Domingos às 16 horas

Local: Teatro Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 - 6º Andar - fone: ( 11) 3472-2226 www.teatroshoppingfreicaneca.com.br)

Vendas por telefone: (11) 4003-1212
Vendas pela internet: www.ingressorapido.com.br

Temporada: Até 27 de Junho de 2010

Preços: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia) Apresentando na bilheteria uma lata de leite em pó paga-se meia entrada.
Duração: 75 minutos
Lotação: 600 lugares

Classificação Etária: livre

Horário de funcionamento da bilheteria: terça à quinta, no 6º andar, das 13h às 19h de sexta a domingo, no 6º andar, das 13h até o início dos espetáculos.

Vendas: (11) 4003.1212
Vendas On line: www.ingressorapido.com.br
Grupos: (11) 3057. 3109
Promoção: Folha de SP e Alpha FM
Realização - Produto Final Produções Artísticas e LUNA Produções Artísticas.
LEIA MAIS - Musical da Broadway é sucesso em São Paulo

Ela sofreu calada

domingo, março 07, 2010



O que seria de nós  homens sem elas?, companheiras, amigas belas e cheias de graça, no dia 08 de Março se homenageia as Mulheres  que na verdade mereciam ser homenageadas como a coluna do homem em todos os dias.
Não podia  deixar  passar batido e lembrar de uma senhora guerreira que entrevistei , toda vida passou se  dedicando ao bem  estar dos seus filhos. Dona Cleusa, uma senhora de 52 anos, catadora de papelão e moradora da  favela pantanal  na zona leste de SP, é um exemplo  vivo de que quando você não se cala sua historia pode mudar.
A mais ou menos 20 anos foi casada com FJ da Silva (não quis revelar o nome do seu  ex-marido), ela diariamente era espancada em  frente dos seus 3 filhos pequenos. Na época não tinha a quem reclamar, ameaçada diariamente pelo seu ex-marido, com medo  do pior, ela se calou a meios a tortura domestica que vivia.
Dona Cleusa relatou que muitas vezes não tinha o que dar para  comer aos seus  filhos, passando a  catar papelão, com o pouco dinheiro que conseguia  seu companheiro que viva desempregado  gastava tudo com bebidas, e o principal alimento de sua família passou a ser pão seco, fubá (que conseguia como doação de uma mercearia da região) e algumas frutas que  pegava  do chão quando acabava as feiras de rua.
Muitas vezes foi  surpreendia pelos seus  filhos ao  vê-la  chorando, o que mais lhe doía era saber que  não podia dar a eles uma vida melhor. Brinquedos, roupas novas e  comida eram coisas que passavam longe da casa daquela senhora, porem um dia ela quis acabar de vez  com essa situação, Dona Cleusa desabafou  para uma amiga o quanto sofria e a partir desse dia ela foi encorajada a abrir a boca e enfrentar seu  marido, criou  coragem e foi a uma delegacia onde fez um denuncia  relatando tudo o que sofria.
Seu ex-marido ao ser procurado pela  policia fugiu, e com medo de ser morta, pois seu  marido era muito  violento ,essa senhora foi  morar na casa de uma amiga, pois  não tem parentes  em São Paulo.
Poucos dias depois seu ex- marido foi  preso, e Dona Cleusa  passou a respirar mais aliviada, era um novo tempo. Então ela decidiu a retornar aos estudos, voltou a estudar, hoje ainda cata papelão e materiais recicláveis pela rua da cidade, mas também ganha um dinheirinho extra com costuras  e não falta nada em sua humilde casa.
Mas ela sonha e tem certeza que sua  vida ainda será bem  melhor.
Infelizmente ainda existe muitas diferenças entre o homem e o  papel ocupado  pela mulher na sociedade , mas muitas coisas podem mudar e com exemplo dessa Senhora , não deixe que o  08 de Março seja apenas uma data qualquer, se você conhece ou passa por uma situação semelhante, denuncie, ligue 180 Central de atendimento a  Mulher dara toda a orientação  necessária para quem esta vivendo uma triste realidade.
Una-se a  milhares de pessoas  no combate à violência contra as mulheres
LEIA MAIS - Ela sofreu calada

A mesmice do carnaval

terça-feira, fevereiro 16, 2010



Todos os anos são as mesmas coisas, lindos carros alegóricos que abusão das cores, formas e estilos exibem a fantasia e blocos carnavalescos conquistam cada vez os adeptos do carnaval. Porem  os canais de televisão abertos criam  um merchandising  do carnaval  gerando imagens ao mundo de uma outra  realidade é  bunda pra cá , bunda pra lá. Essa realidade que é a “magia do carnaval” atrai diversos  turistas ao  país .
É fato que nessa época  após as festas do  final  de ano a economia das cidades como São Paulo e Rio crescem ainda mais, porem com  imagens gerada ao mundo do  BRASIL, alimenta a imagem de nosso país ser um uma região da America Latina que a sexualidade esta 100% aflorada onde despertam  interesses   de muitos em conhecer o nosso país apenas para turismo sexual.
O número de mortes por acidades nas estradas, pessoas infectadas com o vírus da AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, gravidez indesejáveis aumentam em quase 100%. Isso porque muitos ainda não entenderam que tempo de festa deve ser comemorado com consciência e responsabilidade.  Se torna maçante quase 24 horas as redes abertas de televisão exibirem transmissão do carnaval e blocos carnavalescos por todo o país, quem tem  a opção de ter uma  TV por assinatura pode se distrair com programas construtivos que agregam muito mais do que ficar preso a uma programação que não se fala de outra coisa.
Depois que se passa toda essa festança é ai que o BRASIL se preocupa em  mudar sua imagem, nosso país é um lugar lindo, onde possui muitas belezas, que deveriam ser expostas ao mundo de uma forma ampla não apenas com o carnaval, mas sim com muitos outros eventos que se promove em diversas regiões do  país que mostra um pouco da cultura de nossa gente ao mundo.   
LEIA MAIS - A mesmice do carnaval

Followers